Deprecated: Elementor\DB::is_built_with_elementor está obsoleto desde a versão 3.2.0! Use Plugin::$instance->documents->get( $post_id )->is_built_with_elementor() em seu lugar. in /nas/content/live/fisiopop/wp-includes/functions.php on line 5323
Capsulite adesiva fisioterapia tratamento - Fisiopop

Capsulite adesiva fisioterapia tratamento

A capsulite adesiva é uma patologia bastante dolorosa e limita os movimentos do ombro, prejudicando a qualidade de vida.

Agendar uma consulta

Assim, no tratamento da capsulite adesiva, a fisioterapia é a melhor aliada! 

Vamos saber por que a fisioterapia é tão importante no tratamento da capsulite adesiva e como prevenir esse problema.

Confira! 

O que é capsulite adesiva?

desenho dos ossos mostrando articulações e lesão por capsulite adesiva
A capsulite adesiva é uma das lesões que mais traz prejuízos.

Dentre as patologias que afetam o ombro, a capsulite adesiva é uma das que mais traz prejuízos ao dia a dia do paciente.

Agendar uma consulta

Também chamada popularmente de “ombro congelado”, a capsulite adesiva impede a movimentação do ombro. 

Isso ocorre devido a uma lesão anterior, como uma tendinite, por exemplo, não tratada adequadamente.

Assim, a inflamação piora e atinge a cápsula do ombro, uma estrutura que envolve a articulação. 

Dessa forma, há grande limitação do movimento, impedindo que o paciente consiga elevar o braço sobre a cabeça. 

Fases da capsulite adesiva

mulher de costas com uma das mãos no ombro com capsulite adesiva
Há diferentes fases para a capsulite adesiva fisioterapia como tratamento

Pode-se descrever três fases da capsulite adesiva: 

Fase de congelamento 

É a fase mais dolorosa, em que as estruturas do ombro estão bastante inflamadas. 

Fase de rigidez 

Nessa fase, o paciente sente menos dor, mas não consegue executar movimentações com o ombro. 

Fase de descongelamento 

Pode demorar até 2 anos, mas a capsulite adesiva em alguns casos é autorresolutiva, ou seja, resolve-se o quadro pela própria ação do organismo.

Porém, a limitação de movimento traz muitos prejuízos ao dia a dia do paciente, necessitando assim de fisioterapia. 

Diagnóstico

homem sem camisa de costas com uma das mãos no ombro com desenho mostrando capsulite adesiva
O diagnóstico da capsulite adesiva fisioterpaia pode ser feit apleo ortopedista

O diagnóstico da capsulite adesiva deve ser feito pelo médico ortopedista.

Após a avaliação física da articulação do ombro e também a verificação da limitação de movimento, alguns exames de imagem poderão ser solicitados. 

De fato, os exames de imagem são importantes para exclusão de outras patologias que dificultam a movimentação do ombro, como no caso de fraturas, por exemplo. 

Dentre os exames de imagem mais solicitados estão a radiografia e a ressonância magnética. 

Após a confirmação do diagnóstico, o médico ortopedista prescreverá o tratamento para capsulite adesiva. 

Tratamento para capsulite adesiva 

O tratamento para essa patologia pode iniciar-se com a prescrição de medicações, sobretudo se o paciente estiver na fase de congelamento, em que a dor é bastante intensa. 

Nas demais fases, o tratamento da capsulite adesiva deve basear-se em fisioterapia. São raros os casos clínicos em que a cirurgia para capsulite adesiva é indicada. 

Medicamentos 

Os analgésicos e anti-inflamatórios são os medicamentos mais utilizados para o tratamento da capsulite adesiva na fase de congelamento.

O uso de medicamentos também podem ser aplicados para facilitar o processo de reabilitação e deve ser considerado em alguns casos. 

Lembrando que o tratamento da capsulite não é apenas médico, um bom protocolo de reabilitação deve ser elaborado para resolução do problema. 

Capsulite adesiva fisioterapia 

A fisioterapia é parte integrante do tratamento da capsulite adesiva. Isso porque as ações terapêuticas na fisioterapia conseguem minimizar a dor sentida pelo paciente, durante a fase de congelamento. 

Dessa forma, o paciente precisará de menos medicação, para sentir menos dor local. 

Além disso, durante a fase de rigidez, a fisioterapia consegue, com exercícios, a retomada da movimentação. 

Por último, na fase de descongelamento, a fisioterapia também age acelerando o processo de resolução da capsulite adesiva

Exercícios de fisioterapia para capsulite adesiva

mulher deitada na maca fazendo capsulite adesiva fisioterapia com profissional
Existem alguns exercícios para capsulite adesiva fisioterapia que podem ser feitos

A seguir, vamos descrever alguns exercícios importantes, utilizados no tratamento da capsulite adesiva, pela fisioterapia. 

1 – Mobilidade do ombro 

A mobilização articular, realizada pelo fisioterapeuta, é essencial para aliviar a dor local, pois, dessa forma, consegue relaxar a musculatura do ombro, bem como alongar os músculos e tendões. 

Movimentos ativos também devem ser aplicados, pois geram efeitos neurofisiológicos e beneficiam o paciente com capsulite.

Caso o paciente tenha dificuldade para realizar algum movimento, o fisioterapeuta faz a assistência de alguns deles durante o atendimento, até garantir a independência total do que foi solicitado. 

2 – Alongamentos 

Exercícios devem ser aplicados principalmente para aqueles que apresentam restrição devido a presença de encurtamentos, além disso hoje sabemos que o alongamento é boa ferramenta para o controle de principalmente para aqueles pacientes que apresentam um quadro crônico. 

3 – Exercícios de estabilização da escápula 

Devem ser aplicados prinpalmente na fase de descongelamento, afim de prevenir outras alterações e auxiliar no processo da dor a médio e longo prazo.

Esses exercícios auxiliam na estabilização do ombro, passando ao paciente uma sensação de segurança.

4 – Exercícios para melhorar a amplitude de movimento 

Alguns exercícios, utilizando faixas elásticas ou faixas de tecido são muito importantes para melhorar a amplitude de movimento. 

Mas, para isso, é importante que o paciente não esteja em um quadro agudo de dor. É também importante que o paciente respeite os seus limites de dor. 

Portanto, nesses exercícios, a adução da escápula, tríceps com faixa, rotação do ombro ou então, extensão do cotovelo, utilizando acessórios, podem fazer parte do plano de tratamento. 

5 – Liberação miofascial 

Realizada pelo profissional fisioterapeuta diretamente no paciente, a liberação miofascial tem por objetivo aliviar a contração da fáscia, uma estrutura fibrosa que recobre a musculatura. 

Assim, o paciente consegue alívio na contração muscular. 

Como prevenir capsulite adesiva? 

Agora que já estabelecemos a importância da fisioterapia no tratamento da capsulite adesiva, como prevenir essa patologia do ombro? 

Infelizmente, pacientes que já sofrem com dores há algum tempo nos ombros, com limitação de movimento, não buscam o diagnóstico da doença, nem investem em sessões de fisioterapia. 

Com isso, patologias como tendinite calcária, devido à menor movimentação do ombro, podem evoluir para capsulite adesiva.

Por isso, mesmo em outras patologias do ombro, a fisioterapia é muito importante, para que a movimentação do ombro continue. 

Portanto, sempre que você estiver com dor no ombro, que está limitando sua movimentação normal, é ideal você buscar atendimento médico ortopédico, para um diagnóstico adequado e um Fisioterapeuta.

E assim, seguir as recomendações médicas, inclusive fazendo as sessões de fisioterapia recomendadas.

Agendar uma consulta