Nosso tratamento

A Fisiopop faz parte de um grupo de empresas de Fisioterapia que já alcançou mais de 100 artigos científicos publicados em revistas nacionais e internacionais, alguns premiados, inclusive, fora do Brasil. Desenvolvemos programas terapêuticos para o tratamento das mais variadas articulações do corpo, como pé, tornozelo, joelho, quadril, coluna lombar, coluna torácica, coluna cervical, ombro, cotovelo e mão. Os protocolos levam em consideração as principais recomendações mundiais para cada caso separadamente.

Etapas

O primeiro passo é a nossa avaliação fisioterapêutica individual, onde um de nossos especialistas disponibiliza tempo necessário para conversar com o paciente, realizando um questionário pontual, fazendo alguns testes, dentre outros procedimentos seguros para identificar as características do quadro clínico do indivíduo e estabelecer a melhor abordagem do tratamento para o seu caso.

A segunda parte do processo é o programa de tratamento. O trabalho é personalizado, ou seja, mesmo que o indivíduo apresente uma lesão semelhante a de outro paciente, seu caso será tratado com atenção individualizada, de acordo com as características específicas que apresente. O paciente tem exclusividade com o seu fisioterapeuta durante boa parte da sessão, pois acreditamos que esse momento é importante para que os objetivos do tratamento sejam mais facilmente alcançados.

Atendimento conservador

Na Fisiopop tratamos sem cirurgia.
Não realizamos qualquer procedimento invasivo. Desde a avaliação até a aplicação do programa de tratamento, o especialista utiliza apenas técnicas modernas de Fisioterapia Manual com embasamento científico e um aparelho chamado Medusa, que é uma estação de exercícios.

O que tratamos?

O tratamento é voltado para as principais articulações do corpo e lesões musculares. Atendimento personalizado, onde cada sessão dura até 45 minutos.

Principais problemas tratados:

Coluna vertebral: hérnia de disco, lombalgia, cervicalgia, dor ciática, escoliose, espondilolistese, fraturas por osteoporose, dorsalgia, hiperlordose, hipercifose, etc.

Joelho: lesão no menisco, tendinite patelar, artrose, rompimento de ligamento, luxação patelar, cisto de baker, condromalácia patelar, derrame no joelho, síndrome do trato iliotibial, sinovite, etc.

Quadril: síndrome do impacto no quadril, tendinites e tendinopatias do quadril, síndrome do piriforme, lesão de labrum, artrose, pubalgia, epifisiólise, displasia do desenvolvimento do quadril, bursite, etc.

Ombro: síndrome do ombro congelado, luxações, fraturas, lesão dos tendões do manguito rotador, bursite, tendinite, etc.

Cotovelo: epicondilite lateral, rigidez, instabilidades, cotovelo de tenista, tendinite, lesão por esforço repetitivo, artrose, síndromes compressivas, etc.

Mão: síndrome do túnel do carpo, fraturas, artrite, tendinite, gota, lúpus, tenossinovite, LER/DORT, etc.

Pé: fascite plantar, espasmos, cãibras, pé de atleta, esporão de calcâneo, etc.

×
Nova consulta